Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2019
PROÊMIO DO LIVRO "DISTÚRBIOS DA SEXUALIDADE"

“Para o dileto e especial amigo, culto e doutrinariamente correto CARLOS EDUARDO DA SILVA, que, por certo, está no Mundo Espiritual trabalhando intensamente e nos incentivando a persistir na luta pela divulgação dessa Doutrina Consoladora”.


...UMAS PALAVRAS INICIAIS: COMO NASCERAM ESTES ESTUDOS


O ano era o de 1986. Estávamos em pequeno hotel situado “do outro lado do Rio Tietê” em pequena e aprazível cidade do interior do Estado de São Paulo na região de Jaú (que omitiremos o nome para não constranger ninguém), acordando cedo para mais um simpósio espírita que se realizaria naquela cidade.
Desde 1984, vínhamos sendo convocados pelo denodado dirigente do Departamento Federativo da Federação Espírita do Estado de São Paulo, Carlos Eduardo da Silva, a realizar um verdadeiro ‘périplo’ por esse imenso território paulista, navegando nas águas da Doutrina Espírita, abordando um tema “novo” e que causava tanta curiosidade e necessidade de a…
UMA REFLEXÃO SOBRE OS TORMENTOS VOLUNTÁRIOS
Uma das maiores dádivas do Criador à criatura--ao lado das reencarnações sucessivas, que são a possibilidade infinita de refazer os desacertos e de construir a felicidade--está no LIVRE ARBÍTRIO.
Na escalada evolutiva, a Lei Natural (expressão da vontade do Criador) deu ao Ser Hominal (humano) a possibilidade de ele DECIDIR, sozinho, o que quer, como quer, para quê quer, e o que fazer com o que adquiriu--especialmente quando foi uma experiência: BOA ou AMARGA!
Mas, muitas vezes, o Homem transforma essa dádiva (LIVRE PENSAR E LIVRE DECIDIR) em uma arma atroz, trazendo-lhe sofrimento: pensa o Homem que pode decidir adquirir o que não está ao seu alcance, o que pertence a terceiros; almeja acumular mais bens do que necessita, submete-se a futilidades, despreza valores morais, deturpa os melhores preceitos sociais, avança nos direitos alheios, quer granjear a qualquer custo respeito (que é temor e não reconhecimento) dos subalternos e circunstan…
AMAI!
Amar os inimigos É não lhes guardar ódio, nem rancor, Nem desejos de vingança; É perdoar-lhes, sem pensamento oculto E sem condições, O mal que nos causem; É não opor nenhum obstáculo À reconciliação com eles; É desejar-lhes o bem e não o mal; É experimentar júbilo, Em vez de pesar Com o bem que lhes advenha; É socorrê-los Em se prestando ocasião; É abster-se, Quer por palavra, quer por atos, De tudo o que os possa prejudicar; É, finalmente, retribuir-lhes sempre O mal com o bem, Sem a intenção de os humilhar. Francisco A. Gabilan
(E.S.E, cap. XII, item 3, texto literal em versos)
O BEM E O MAL (CITAÇÕES)

EDMUND BURKE: (Conservador filósofo, teórico político e orador irlandês,)
“PARA QUE O MAL TRIUNFE, BASTA QUE OS BONS NÃO FAÇAM NADA”... _________________________________________________________________________________
ALBERT EINSTEIN:
"O QUE ME PREOCUPA NÃO É O BARULHO DOS MAUS, MAS SIM O SILÊNCIO DOS BONS" _________________________________________________________________________________
QUESTÃO 932 DO LIVRO DOS ESPÍRITOS:
- Por que, no mundo, tão amiúde, a influência dos maus sobrepuja a dos bons? R: - POR FRAQUEZA DESTES. OS MAUS SÃO INTRIGANTES E AUDACIOSOS, OS BONS SÃO TÍMIDOS. QUANDO ESTES O QUISEREM, PREPONDERARÃO” ____________________________________________________________
questão 630 do livro dos espíritos:
-COMO SE PODE DISTINGUIR O BEM DO MAL? R: O BEM É TUDO O QUE É CONFORME A LEI DE DEUS (LEI NATURAL); O MAL, TUDO QUE LHE É CONTRÁRIO. ASSIM, FAZER O BEM É PROCEDER DE ACORDO COM A LEI DE DEUS. FAZER O MAL É INFRINGI-LA”. ____________________________…